In this article:
Neste artigo partilho convosco 8 boas práticas das idas ao supermercado que acabei por adquirir por não gostar de ir às compras.

As 8 Boas Práticas das idas ao Supermercado

Ir ao supermercado faz parte do dia-a-dia de todos nós, o que nos distingue é que uns gostam de o fazer e outros nem tanto, neste segundo grupo é onde eu me incluo. Pois é, eu não gosto de ir ao supermercado, e talvez seja isso que me tem ajudado a ter uma grande organização no momento que antecede a ida ao supermercado.

O meu pensamento antes de sair para ir às compras é: “A sério?! Já tenho que voltar a ir às compras?!”. Tem que ser, ninguém sobrevive do ar, apesar de as compras online serem uma excelente alternativa, até porque evitam alguns dos erros que acabamos que cometer na ida às compras.

Pela minha experiência de fazer compras, idêntica a de muitos vocês, alia-se a minha organização extrema por não gostar de ir ao supermercado, e por isso vou partilhar convosco algumas das boas práticas das idas ao supermercado.

As boas práticas das idas ao supermercado são:

  • Prepare antecipadamente uma lista de compras
    • é imperativo planearmos a nossa ida às compras efetuando a famosa lista de compras;
    • devemos de olhar para o interior da nossa despensa e frigorífico para percebemos o que na realidade nos falta em casa. E não, ninguém sabe de memória tudo o que nos falta;
  • Nunca vá ao supermercado com fome
    • 99% dos que já foram ao supermercado com fome compraram algumas coisas que vos apetecia comer e que não estava na lista, e na grande maioria das vezes são alimentos pouco saudáveis;
    • Se, por outro lado, formos sem fome, acreditem que vão comprar apenas o que tem na lista;
  • Limite o tempo para fazer as compras
    • Estipular os minutos/horas que estamos no supermercado, isto vai fazer com que nos foquemos na nossa lista e evita andarmos a “passear” no supermercado;
  • Tenha atenção às prateleiras mais baixas
    • Sabiam que é nas prateleiras mais próximas do solo (do chão) onde estão expostos os produtos com preço mais baixo?! Pois é, por isso devemos ter sempre atenção a esses produtos, que muitas das vezes são produtos de marca branca, em que a qualidade é idêntica à do produto de marca;
    • Nas prateleiras em direção ao nosso olhar, estão expostos os produtos mais caros, novidades e os de marca;
  • Atenção aos corredores
    • Devemos apenas circular nos corredores dos artigos que temos na lista;
    • Se formos a outros, é provável que encontremos alguma coisa que:
      • “Se calhar isto faz-me falta”;
      • “Está na Lista?”
      • Não! Então, não me faz falta! / Sim! É porque está na lista!
  • Crie o hábito de comparar preços
    • Devemos sempre comprar os preços dos produtos idênticos, e a melhor forma de o fazer, nem sempre é pelo preço a pagar pelo produto em si, mas sim comparar pela mesma unidade de medida, ou seja:
    • Imaginem que estão a comparar o preço de duas embalagens de café, mas uma com 300gr e outra de 400gr, aqui a comparação do preço torna-se desigual, e em muitos casos o de 300gr é mais barato que o de 400gr, mas será que o preço real do de 300gr é mesmo mais baixo que o de 400gr?! Pois é, em alguns casos não o é, por isso, devemos sempre fazer a comparação de preços na mesma unidade de medida, em kilo, litros, etc.
    • Assim, temos sempre que comparar o preço dos produtos na mesma unidade de medida e encontra-se na etiqueta dos preços (onde a uma letra mais pequena tem o preço de cada artigo na unidade de medida correspondente a cada um, Kilo, Litro, etc);
  • Estabeleça uma periodicidade para as idas ao supermercado
    • Devemos perceber a necessidade de compra de produtos e perceber se iremos ao supermercado de 7 em 7 dias, de 15 em 15 dias ou mensal;
  • Mantenha o foco em sua lista de compras
    •  “Dizer não às promoções”:
      • Como sabemos o corredor das promoções fica logo no corredor central da entrada do supermercado, é estudado pelo Marketing que isso aumenta o consumo dos clientes, porque param logo nas promoções;
      • A exceção é se algum dos produtos na lista de compras estiver em promoção nesse corredor, caso contrário, seguir em frente, nem parar;
    • Evitar os artigos supérfluos
      • Consideram-se todos os artigos que não constam na nossa lista.
      • Todos, mesmo todos!
    • Evitar “comprar para surpreender”
      • A quem nunca aconteceu estar no supermercado e encontrar algo que é a cara dum amigo ou familiar? E o que, habitualmente, fazemos é comprar para surpreendermos essa pessoa. Devemos nos perguntar, está na lista? Não! Então não compramos. Se Sim, compramos.

Para testar se essas dicas funcionam, proponho um pequeno desafio

Espero que as 7 boas práticas das idas ao supermercado sejam úteis, e deixo-os um desafio, comecem a comparar o valor total das vossas compras no supermercado e vão perceber que no final terão um saldo positivo em termos de poupança.

Com isto tudo, não estou a dizer que não podem comprar alguma coisa que na realidade considerem supérflua, mas desde que ela vos deixe feliz, o que em alguns casos compramos artigos supérfluos que no momento nos deixam felizes, mas passado o momento da euforia da compra passamos a sentirmo-nos triste por a termos comprado.

Caso algum de vós tenha alguma boa prática das idas ao supermercado que queira partilhar connosco, enviem comentários.

E não se esqueçam, Money & Happiness caminham juntos!8

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Partilhe esse post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos recentes

Artigos em destaque

Assine nossa Newsletter